Home » Blog » manutenção

Dicas sobre como gerenciar o seu site em manutenção

Se você tem um site, é bem provável que já tenha tido algum problema ou teve que lidar com algum imprevisto ou contratempo. E sie você pretende criar um, deve se perguntar qual a melhor forma de estar lidando com o gerenciamento.

Desde a criação do seu site até quando ele estiver bem-sucedido, a forma em que você inicialmente o criou e gerencia irão diretamente afetar de uma forma geral a infraestrutura do seu site.

Independentemente do tipo de site que você tiver, leva-se em consideração que esta função é relativamente importante, e faz uma total diferença e pode lhe economizar bastante tempo, trazendo assim uma boa otimização de como você gerencia.

Através deste artigo iremos lhe guiar do início ao fim, sobre como gerenciar um website em manutenção de maneira efetiva, no que você deve prestar atenção desde a criação, e quais ferramentas pode-se utilizar para agilizar esse processo.

Manutenção de sites com as tecnologias que você irá utilizar

Independentemente da finalidade do site que você irá ter, é sempre imprescindível escolher que tipo de tecnologia você irá estar utilizando para futuramente lidar com tudo de forma ágil.

Apesar do método convencional de desenvolvimento através da programação direta não ser descartado, utilizar um CMS pode ser de grande ajuda para o gerenciamento.

CMS

Um Content Management System (Comumente abreviado para CMS), traduzindo significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.

Como o seu próprio nome sugere, é uma forma que você pode estar criando o seu site com bastante praticidade, e se tornou uma das formas práticas de criar e gerenciar o seu site.

Existem diversos serviços CMS na internet, para finalidades gerais ou específicas. Temos como por exemplo os mais populares o Joomla, WordPress, Shopify, Drupal, Prestashop e entre outros.

WordPress

Segundo dados do W3Techs, este é o CMS mais popular dentre os destacados.

Mais de 30% de todos os sites da internet são construídos utilizando o WordPress.

W3Techs

Ele é o sistema de gerenciamento de código aberto mais popular, e se você optar por utilizá-lo, após se adaptar com certeza irá gostar de todos os seus benefícios.

Ele conta com uma extensa variedade de templates, plugin e ferramentas que auxiliam tanto o desenvolvimento, quanto o gerenciamento do seu site.

Escolha um Serviço de Hospedagem de Qualidade

Desde que este é o que coloca o seu site no ar para que qualquer um que tenha o seu endereço possa acessá-lo, torna-se uma das questões mais importantes na hora de criar e posteriormente estar lidando com o tráfego direcionado ao seu site.

Previamente analisar diversas questões relacionadas a um provedor, certamente irá evitar que você tenha possíveis dores de cabeça.

As qualidades que um bom serviço disponibiliza, incluem:

  • Gerenciamento de backups
  • Suporte
  • Bom tempo de resposta
  • Fácil acesso ao banco de dados
  • Fácil gerenciamento de domínio
  • Certificação TLS
  • Fácil integração de CMS e APIs
  • FTP e E-mail

Mesmo tendo uma grande variedade de ferramentas e preços entre os provedores, deve-se observar atentamente a reputação e os detalhes das ferramentas oferecidas que você possa estar obtendo.

Escolher atenciosamente o seu domínio também traz muitos pontos positivos e se correlaciona diretamente com como as pessoas irão lembrar da sua marca; pois é através do domínio que as pessoas saberão que o seu site está aberto na rede para todo o mundo.

Dentre os mais populares são Hostinger, GoDaddy, Hostgator, Kinghost e entre outros, porém deve-se pesquisar bastante e analisar qual o plano que mais se adequa as suas necessidades.

Um site móvel lento limita o seu negócio


https://www.thinkwithgoogle.com/feature/testmysite

Este é o título que o Google colocou na página desta ferramenta, que tem a simples finalidade de mostrar qual a velocidade de carregamento da sua página em dispositivos móveis.

Segundo o próprio site, o tempo médio ideal de carregamento de uma página deve ser entre 1.0 e 2.5 segundos.

Se o seu site tem um longo tempo de carregamento, isso pode afetar de forma bem direta o seu sucesso.

A maioria das pessoas tendem a sair do seu site se ele levar mais que 3 segundos para carregar uma página, e boa porcentagem dos acessos podem ser simplesmente perdidos, devido somente a esse pequeno detalhe.

Existem diversos fatores que podem auxiliar no melhor desempenho de carregamento das páginas do seu site, um deles já falamos, que é a boa escolha do seu servidor.

Porém existem outros métodos que com certeza podem auxiliar o seu tempo de carregamento, e iremos explicar a seguir mais alguns meios de se obter mais desempenho.

Otimização de Imagens para Web

Se você tem qualquer tipo de imagem em seu site, sejam banners, sliders, galerias ou outros tipos, estes arquivos podem pesar significativamente no carregamento das suas páginas.

Os formatos de arquivos de imagem mais comum para web são .jpg e .png, e por mais que muitos não saibam, eles têm diferenças não somente no seu nome, como também em como lidam com as imagens. Vejamos as diferenças:

  • PNG – Este formato é utilizado quando necessita-se cuidadosamente manter os detalhes da imagem, ou algum elemento com transparência. Consequentemente, o tamanho final dos arquivos é bem maior, e a sua utilização em uma página web pode tornar o carregamento mais lento.
  • JPG/JPEG – Por se tratar de um formato de arquivo com o tamanho em kilobites bem menor, este torna-se o mais aderido. Porém ele utiliza um método de compressão com perda, o que significa que a imagem possivelmente terá menos qualidade que uma com a extensão .png, e a cada vez que você salvar o arquivo a compressão pode ocorrer novamente.

Então concluímos que para a maioria das finalidades que você possa estar utilizando imagens em seu website, ter os seus arquivos com a extensão .jpg é certamente a melhor escolha.

Se você não trabalhar diretamente com fotografia em seu site ou algo relacionado a qualidade da imagem em si, por muitas vezes trocar o formato .png pelo .jpg pode ser até mesmo imperceptível na qualidade final da imagem.

Então preste bastante atenção, pois esta simples troca pode afetar bastante a otimização do seu site.

Se você tem a ferramenta photoshop, basta ir no menu Arquivo > Exportar > Salvar para a web.

Alternativamente você também pode procurar por uma ferramenta online que converta os arquivos de .png para .jpg, é bem simples e os resultados serão bem semelhantes.

Provedor CDN

Como já abordamos sobre este assunto em outro tópico [aqui], desfrutar de um serviço de CDN pode lhe ser bastante útil caso seu site tenha como público pessoas de todo o mundo.

Basicamente, ao invés dos seus arquivos irem diretamente à pessoa que está tentando acessar o seu site, ele fica hospedado em data centers e é enviado ao usuário a partir do data center mais próximo a ele.

Analisando pro esse lado, pode-se ver que os dados viajam menos para alcançar o usuário, e consequentemente se tem um melhor desempenho de carregamento.

Cheque todos os seus Links e arquivos duplicados

Em um site podem existir inúmeros links, e certamente checar de um por um seria uma tarefa extremamente árdua àquele que se encarregaria.

Felizmente, para essa finalidade existe uma ferramenta chamada Screaming Frog.

Página inicial da ferramenta Screaming Frog

Esta ferramenta que pode ser gratuita ou distribuída sob um plano de aderência, e tem como uma de suas ferramentas, a opção de checar todos os links que não funcionam do seu site.

Outras funcionalidades muito interessantes e de grande relevância que você possa se interessar quanto ao Screaming Frog são:

  • Análise de títulos de páginas e metadados – Um recurso desta ferramenta que analisa os títulos das páginas web e seus metadados, a fim de identificar quais são muito longos, muito curtos, os que estão faltando ou que estão duplicados, erros e redirecionamentos no seu site.
  • Integração com Google Analytics – Conexão com a API Google Analytics para análise de dados como tempo de sessão, transações e entre outros.

Como você pode ver, bastante trabalho que seria feito manualmente se torna fácil com o auxílio dessa ferramenta.

Faça Backups regularmente

Por mais que pareça uma dica óbvia, uma série de problemas podem acarretar se você não tem o hábito de fazer backup do seu site periodicamente.

Por exemplo se você fizer upload de um plugin, e alguma função relacionada a ele no site parar, até mesmo o site por completo algumas vezes.

Ao invés de tentar buscar uma solução para o seu site voltar a funcionar, é mais viável ter um backup previamente pronto antes do update ou da instalação de novos plugins e ferramentas.

No pior dos casos, se seu site for invadido e ter todo o conteúdo for deletado inclusive seu banco de dados, se você não tiver o backup terá perdido permanentemente todo o seu site e os arquivos contidos nele.

Se você utiliza o WordPress, Joomla, ou tem um site desenvolvido em PHP hospedado em um servidor, a ferramenta Akeeba Backup certamente pode ser de grande ajuda na hora de gerenciar os backups do seu site.

A empresa disponibiliza a ferramenta de forma gratuita ou paga, porém ambas são muito úteis quanto deseja-se fazer backup dos seus arquivos.

Após fazer o backup do seu site através do WordPress por exemplo, é possível salvar o arquivo em seu computador, preferencialmente através de um cliente de FTP e posteriormente enviá-lo ao Google Drive como uma cópia extra para que você tenha o seu backup salvo em outro lugar por precaução.

A versão paga da ferramenta inclui por exemplo, a opção de autenticação direta para uma pasta de sua escolha do Google Drive, onde você não irá precisar fazer manualmente essa transferência.

Mantenha Plug-ins, APIs e CMS atualizados

É muito importante que você sempre mantenha tudo bem atualizado para que o seu site mantenha ou melhore o seu desempenho.

Versões mais atualizadas tendem a ser mais aprimoradas, e até mesmo mais relevantes para os motores de busca encontrarem o seu site.

Um site muito desatualizado acaba ficando para trás e pode ter menos desempenho, e pode perder seu lugar no ranking se não se mantém no ritmo dos seus concorrentes.

Porém, deve-se levar em conta a dica anterior de fazer backup antes de qualquer possível alteração de plugins e APIs do seu sistema.

Desta forma você se assegura que se a atualização não der certo, você pode tentar não mudar a versão atual, ou tentar achar a versão mais estável que seja superior a atual sem ter que se preocupar em ter o fluxo do seu site interrompido por esses ajustes.

Como também foi dito anteriormente, se você mantém seu site atualizado para versões e ferramentas mais estáveis, isso pode até mesmo influenciar no carregamento da página que foi explicado no começo do artigo; pois tecnologias e ferramentas mais recentes por mais que muitas vezes causem algum erro, são mais otimizadas e podem trazer um ponto positivo na infraestrutura do seu sistema.

Marketing & SEO

Abordamos aqui principalmente sobre conceitos e ferramentas que auxiliam na infraestrutura, em como você pode economizar tempo, e no que é importante prestar atenção na hora de gerenciar um site.

Porém o SEO também é muito importante, e trabalha em conjunto com o que foi dito anteriormente para se ter sucesso com o seu projeto virtual.

A utilização de Meta Tags e boas práticas de semântica no código do site irão certamente trazer bons benefícios em conjunto com o restante dos recursos aqui apresentados, fazendo assim um equilíbrio perfeito entre o gerenciamento e a otimização do seu sistema.

Direcionar sua atenção e investir diretamente na promoção da sua marca também é certamente uma das melhores práticas de gerenciamento que você pode ter.


Página inicial do Google Analytics

Como foi citado anteriormente, o Google Analytics é uma ótima ferramenta que é de fácil integração dentro do seu site, e lhe possibilita ter noção do tráfego do seu site deixando assim mais visível onde você pode melhorar para que o mesmo seja mais atrativo.

Conclusão

Existem de fato diversos caminhos que se pode tomar quando se deseja gerenciar um site.

O mais importante é: se manter informado para que se tenha o melhor desempenho, e não desperdice tempo com tarefas árduas e repetitivas que podem simplesmente ser substituídas por ferramentas mais simples e que agilizam esse processo.

Esperamos que nossas dicas e recursos apresentados aqui lhe sejam úteis, e que auxiliem você na tarefa de otimização e gerenciamento do seu sistema.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Dias
Horas
Minutos
Segundos

Oferta por tempo limitado!