Home » Como Criar um Site

Como Criar um Site em apenas 4 passos

Bem-vindo ao Mestre do Hospeda Site! Durante os últimos anos, nosso time de especialistas escreveu vários reviews, guias e artigos de “como fazer” (how-to) relacionados ao mundo digital. Abordando desde a criação de sites até a melhor escolha de plataformas e produtos, nós já ajudamos milhares de usuários com nosso conteúdo.

Aqui nós listamos, de forma bem prática e resumida, o passo a passo para você criar o seu site. Assim, você pode ter sempre esse texto como um guia de checklist até que seu site esteja no ar! Boa leitura.

Confira os passos simples de como criar um site

  1. Decida que tipo de site você quer fazer
  2. Escolha a plataforma (CMS)
  3. Adquira um nome de domínio
  4. Comece a criar conteúdo, páginas e posts

Conforme você pode perceber, os três primeiros passos são mais técnicos. O quarto é mais prático. Por isso, abaixo, explicamos cada um desses passos da forma mais clara e sucinta possível.

Assim, esperamos ajudá-lo a tomar as melhores decisões para que seu site seja criado com sucesso e tenha o melhor potencial de atingir seus objetivos. Vamos lá.

Passo um

#1 Decida que tipo de site você quer fazer

 

(A) Um site de empresa ou pessoal com hospedagem e plataforma CMS separadas. (Ex.: WordPress)

  • Vantagens//Desvantagens: esse tipo de website é muito flexível. Nós recomendamos o WordPress. Ele contém dezenas de plugins para customizar o seu site e é uma opção relativamente barata.

    O principal contra é que você precisará conseguir um webhost e instalar a plataforma CMS nele. Isso significa que você precisará de apenas um pouco de experiência técnica do que é necessário para utilizar uma plataforma tudo-em-um (all-in-one), conforme verá no próximo tópico.

    Além disso, demora um pouco mais de tempo para montar um website bem formatado e funcionando perfeitamente nessa opção. Nessa modalidade, no entanto, há ainda diferentes faixas de preços e até mesmo sites de hospedagem gratuitos para usar.

(B) Um site de empresa ou pessoal com tudo: hospedagem, criador de sites e suporte técnico no mesmo lugar (produto tudo-em-um).

  • Vantagens/Desvantagens: é fácil de usar, ao mesmo tempo que apresenta uma aparência bastante profissional. Um dos fortes aqui é que algumas plataformas oferecem versões gratuitas para você testar.

    Um dos contras, no entanto, pode ser o quesito preço. Essa solução geralmente é um pouco mais cara do que um site WordPress, por exemplo, mas reforçamos que é também mais sofisticado e profissional.

    Além disso, essa opção também não é tão flexível quanto hospedagem separada.

  • Dito isso, nós recomendamos fortemente o Webnode. Através deste link você encontra os melhores preços e pode até testar o produto gratuitamente.
  • Clique aqui para ler também todas as nossas análises e recomendações sobre criadores de site.

(C) Um blog ou site simples

  • Vantagens/Desvantagens: talvez você queira apenas criar um site pequeno ou ter seu próprio blog. Para isso, existem vários produtos no mercado para escolher. E o melhor: há muitas opções gratuitas que você certamente vai querer considerar.

    Vale ressaltar, outrossim, que todos os produtos gratuitos vêm com limitações, sendo, de fato, uma boa opção apenas para um pequeno site ou blog com menos exigências.
  • Aqui você encontra as melhores opções gratuitas. Recomendamos o Webnode como o melhor criador all-in-one gratuito no mercado.

(D) Um site de e-commerce

  • Se o seu objetivo é ter uma loja virtual, você pode instalar uma plataforma de e-commerce no seu site ou escolher um produto all-in-one que tenha tudo o que você precisa para começar.

    Se você já tem um site, o Woocommerce pode ser uma ótima opção. Se você quer um produto multifuncional, o Shopify é considerado a melhor alternativa no mercado.
  • Clique aqui para ver todas as nossas revisões de comércio eletrônico.


 

passo dois

As etapas 2 e 3 a seguir serão necessárias se você optar pela opção A acima, ou seja, se você escolher criar um site numa empresa e hospedá-lo em outra.

#2 Configure e instale a Plataforma (CMS)

  • Se você decidir fazer um site e quiser hospedá-lo em um provedor, você precisa instalar uma plataforma para construir o seu site. WordPress, Joomla, Drupal são alguns exemplos dessas plataformas. Como dissemos anteriormente, nós recomendamos o WordPress.

  • Ele é o melhor porque é fácil de usar, intuitivo e amigável, logo você não precisa de muito conhecimento para operá-lo. Também possui muitos plugins para você customizar seu site. É uma plataforma confiável e poderosa, utilizada por grandes sites do mundo inteiro. Além disso, o WordPress é responsivo e mobile friendly, o que significa dizer que seu conteúdo será totalmente adaptável para ser lido em smartphones. Também possui uma grande comunidade de desenvolvedores que podem ajudar bastante você a tirar qualquer dúvida.

    Por fim, o WordPress é gratuito! Você só comprará o domínio e contratará a hospedagem.

  • Caso queira escolher o Hostinger como seu provedor, você pode instalar o WordPress nele com apenas um clique. (Se você escolher outro host, você pode verificar com o suporte técnico deles como obter o WordPress instalado em seu site. A maioria dos hosts da Web oferece uma solução inteligente e rápida para isso.

  • Você precisará de um tema antes de começar a adicionar conteúdo (texto, imagens, etc.) ao seu site.
    O WordPress vem com um conjunto de temas gratuitos. Mas também há muitos temas sem custos feitos por desenvolvedores independentes que você pode experimentar.
    Os temas ou templates podem ser descritos como modelos que você usa para estruturar seu conteúdo de uma determinada maneira. Um tema popular que você pode baixar e experimentar de graça é o Generatepress.
  • É muito importante você instalar o certificado SSL no seu site. Alguns provedores já incluem o SSL no valor de seus planos de hospedagem (veja nossas revisões aqui para entender mais sobre quais hosts oferecem SSL de graça).
    O SSL torna seu site criptografado com segurança. Leia mais sobre o SSL.

passo três

#3. Adquira um nome de domínio

  • Se você escolher um bom provedor, é melhor obter o seu domínio a partir dele. É mais fácil obter o domínio direto do seu host, porque você não precisará conectar um domínio ao seu website. Isso será feito pelo host.

  • Se você contratar um provedor caro, talvez seja melhor obter seu nome de domínio de outro registrador. Recomendamos o Namecheap ou o GoDaddy. Eles têm bons preços e não cobram taxas extras pela “renovação” de registros de domínio a cada ano.

    No entanto, nesse caso, ainda assim, você terá que redirecionar o nome de domínio para o seu host, como dissemos anteriormente. Todavia, para isso, você pode pedir ajuda ao registrador através do suporte deles.

  • Na nossa opinião, o melhor serviço de hospedagem de site (e mais barato) é o Hostinger, e eles também têm bons preços para domínios. Eles oferecem “instalação com 1 clique” para o WordPress, o que significa que você pode instalar o WordPress com apenas um clique e não precisa baixar nada para o seu computador.

    O suporte é decente e, se o site crescer mais ainda, você poderá realizar um upgrade para melhores planos de hospedagem ou até mesmo mudar para um host mais caro.


 

passo quatro

#4. Comece a criar conteúdo

Agora você pode finalmente começar a criar seu site. A parte mais chata já passou e agora mãos à obra.

Nossas instruções aqui serão básicas, até porque se você usar o WordPress, tudo será muito intuitivo. Ele possui botões fáceis de identificar.

A primeira página que as pessoas geralmente criam para o seu site é a homepage ou página principal. É como se fosse a recepção do seu site. Precisa estar limpa, bem sinalizada e organizada, mostrando caminhos claros para cada porta (outras páginas) que o usuário encontrará no seu site.

Supondo que você utilize a plataforma WordPress, você deverá clicar no link Páginas e depois em “Adicionar Novo”. Você será levado para uma página de edição de texto, parecida com o Word.

Já as postagens diferem bastante das páginas. Se seu site se trata de um blog, você precisará criar o conteúdo em uma página de postagem. Elas aparecerão listadas na página do seu blog. Se você clicar no link do nosso blog aqui, você verá todo o conteúdo do nosso blog listado neste feed.

 

A otimização do seu conteúdo é muito importante para que você seja bem ranqueado nos sites de pesquisa. A isso chamamos de SEO. Aqui separamos algumas dicas de como você pode otimizar os seus textos:

  1. Defina bem o seu título, seja vendedor e utilize entre 55 e 65 caracteres para isso.
  2. Divida seu conteúdo em tópicos e subtópicos para didatizar seu texto e não cansar seu leitor.
  3. Pesquise as palavras-chave do seu tema e utilize-as, principalmente, se seus concorrentes também estão usando.
  4. Faça sempre sua meta-descrição, de forma vendedora. Ela é um resumo do seu texto e será usada pelos buscadores para orientar os usuários sobre o seu conteúdo.
  5. Use links internos para indicar outros artigos do seu blog que também possam interessar seu leitor.
  6. Use links externos de sites renomados e relevantes que complementam ou confirmam o seu artigo.
  7. Use call to action ao final para estimular que seus leitores participem nos comentários, seja enviando dúvidas, seja enviando opiniões.
  8. Por último, o mais importante: invista em conteúdo de qualidade, pesquise e seja original.

Esperamos que você tenha gostado desse rápido guia. A gente se vê na próxima leitura. Até lá.

Assine a nossa newsletter

SSL o que é e como obter um certificado de segurança grátis?

Atualmente, o Certificado SSL é um protocolo de segurança de uso quase que inevitável para navegações pela Internet. Trata-se de uma ferramenta que se tornou um padrão mundial para garantia de segurança na troca de informações entre quem acessa um site e o servidor em que ele está hospedado. SSL é a sigla que corresponde

Leia mais »

Sites com Registro de Domínio Grátis no Brasil

Junto com a hospedagem, registrar um domínio para seu site é primordial. Será o nome pelo qual os usuários conhecerão e acessarão a página. Por este motivo, deve ser de qualidade, fácil de lembrar e ser conectado à marca ou nome. Com tamanha importância, muitos não sabem o que pensar sobre ofertas gratuitas. Algumas podem

Leia mais »