Home » E-commerce & Loja Virtual » Loja Integrada
cover loja integrada

Criar um Site de Vendas na Loja Integrada

Coloque o seu e-mail, e pronto! Uma loja virtual estará sendo criada para você em instantes. Parece tentador, mas será que realmente funciona e é uma boa opção para o seu negócio?

Para facilitar a sua pesquisa, nós reunimos todos os dados necessários para entender se a loja integrada é boa de verdade. Entenderemos o que é gratuito e o que precisa ser pago, além de todos os recursos oferecidos pela plataforma.

E não é só isso. Analisando o suporte e o histórico da loja, entenderemos rapidamente se trata-se de um lugar seguro para ter o seu site. Descubra agora o que é loja integrada, porque a análise começa já!

Lojas integradas de verdade?

O que o site faz não difere de outras alternativas de criação de lojas sem custo. Você cria uma loja do zero, integrando-a com a estrutura e o host deles, ou transfere uma já existente, também para ser parte dos servidores da Loja.integrada.

É nos detalhes que encontramos um motivo para optar por uma plataforma e não pela outra. Nós analisaremos todos neste artigo, mas começaremos de verdade pelo mais importante: o custo.

Algumas plataformas são grátis, mas você tem que pagar pelo host. É o caso do Woocommerce, sobre o qual você pode aprender mais aqui. Você não paga nada por ele, mas tem que adquirir um serviço, como o da Hostinger (bom para sites pequenos), sobre o qual falamos aqui.

Vamos ver então se você realmente começa com um plano grátis, ou se há custos inesperados.

É possível uma loja virtual integrada gratuita?

A resposta simples é: Sim.

Neste caso, não depende de nada, pois o site realmente oferece um plano completamente grátis, sem que você tenha que pagar por hospedagem ou módulos. Mas então qual o segredo? É importante analisar, antes de já sair transferindo a sua loja.

A forma pela qual a Lojasintegradas consegue deixar lojas serem criadas sem custo é por meio da limitação. Para crescer, um site precisará contratar um dos planos com mensalidade, adicionando assim mais produtos, visitas e usuários gestores às possibilidades.

Um fato importante é notar que a plataforma não cobra qualquer comissão sobre as vendas. Tudo o que é ganho em lucros fica com o lojista.

Além disso, a maioria dos recursos oferecidos pelo site são liberados já no primeiro plano pago. O que aumenta nos planos seguintes são os parâmetros citados anteriormente, como o número máximo de produtos e de visitas ao site, por exemplo.

Ser grátis é ótimo, mas será que o que eles oferecem de limite realmente vale a pena?

As limitações do plano gratuito

Já descobrimos que ter a sua loja sem custos é possível nesta plataforma, mas que você possuirá algumas limitações em decorrência disso. O primeiro ponto a destacar é que o número de visitas num mês é limitado, chegando ao máximo de 5.000.

Se você possui um público cativo e em baixo volume, pode ser que isto não atrapalhe em nada a sua loja. No entanto, no caso de uma campanha de marketing ou anúncio, muitas pessoas podem visitar o site e não realizarem compras.

Com isso, o investimento em marketing pode ser perdido, pois o limite será rapidamente atingido, bloqueando a loja a partir daí.

Além disso, o número máximo de produtos em 50 atrapalha varejistas, ou mesmo vendedores de Dropshipping, de maneira considerável. É difícil, exceto para artistas e criadores, conseguir lucrar com um número baixo de produtos.

A terceira limitação aparente é quanto ao número de usuários, que são os gestores do site. Para os planos mais caros, o número aumenta até 3 e passa a ser ilimitado para o plano mais avançado.

Seria o caso de empresas, que podem contar com diversos níveis de controle. Já para indivíduos ou grupos pequenos, talvez um usuário seja o suficiente.

Esses valores aumentam, até serem todos ilimitados no plano mais caro da empresa. Talvez você não precise de tanto, mas pode ser que tenha que pagar algum plano se quiser que seu site cresça.

Mas o que mais pode ser limitado, falando de recursos?

Os recursos gratuitos da Lojaintegrada

Existem plataformas completas e com muitos recursos. No entanto, elas também cobram um preço de acordo. Você pode aprender como testar por 14 dias gratuitamente uma delas, o Shopify, acessando este link.

Então o que esta plataforma consegue oferecer no plano totalmente grátis?

Os fretes e formas de envio são totalmente liberados desde o plano gratuito, incluindo:

  • SEDEX
  • PAC
  • Retirada pessoalmente
  • Motoboy
  • Transportadora

Ou seja, todas as opções possíveis podem ser alcançadas se você optar por ter seu site como uma das lojas integrada. Porém, nem tudo é liberado para quem não quer pagar pelo serviço.

Como plano básico, você tem direito a utilizar o Mercado Pago e o Checkout Transparente nas opções de pagamento, nada mais. Há sim diversas outras opções, mas todas liberadas em completo somente para os planos pagos.

Há também ferramentas do site, como o Loja Catálogo e Loja Orçamento, que você não poderá usar a menos que se inscreva em um plano mensal.

Esta plataforma oferece suporte?

E se algo dá errado, você terá uma equipe de especialistas prontos para ajudar a resolver o problema, certo? Somente se você paga uma mensalidade. O suporte técnico não está disponível para o plano gratuito, sendo também um recurso adicional.

O que o site oferece a todos é uma comunidade em forma de um fórum, com uma interface bastante agradável. Lá, usuários buscam retirar suas dúvidas, caso elas já não estejam respondidas na seção de Perguntas Frequentes.

Ainda, verificamos como o site anda no melhor local para reclamações do Brasil: o Reclame Aqui. A plataforma não só responde a 100% das solicitações, como possui uma nota muito boa – acima de 8 no momento desta avaliação.

Ao nosso ver, o suporte oferecido pela plataforma condiz com um serviço totalmente gratuito. Para ter apoio especializado, é preciso fazer parte de algum plano pago.

Os temas da plataforma integrada

Além de um bom nome, boa navegabilidade e produtos que cativem usuários, uma boa loja deve ter uma aparência atraente. Por isso, um bom tema é essencial em qualquer criador de lojas.

No entanto, aderir a algum tema pronto, mesmo que comprado no próprio site, pode não ser uma boa ideia. Afinal, outros sites já terão pego temas para loja integrada grátis, e você não quer o seu site idêntico a outros.

Tal cenário não seria ruim só pensando nos clientes, que não veriam originalidade. O seu site perde ranking em buscadores como o Google se a estrutura não for original.

A plataforma permite que você edite temas, mudando cores e posicionamentos. Não é exatamente deixar o layout original, mas é sempre melhor do que utilizar o que já vem pronto e possui diversas cópias.

Esta é uma pequena desvantagem, se compararmos esta plataforma a outras, também completamente grátis, mas de código aberto. Em compensação, tais outras exigem algum conhecimento técnico, enquanto esta é instalada num só clique.

Como funciona para criar um site?

Se você já se interessou pela loja integrada como funciona é provavelmente a sua primeira dúvida. Afinal, é tudo realmente tão rápido e simples?

Tudo o que eles pedem é o seu nome, uma conta de e-mail e você já estará pronto para ter a sua loja. Eles também permitem que você utilize um domínio seu, ou seja, você pode criar a sua loja e colocar o seu nome .com.br, caso já o tenha registrado.

A partir daí, é só começar a estruturar as páginas da maneira que quiser, dentro dos limites permitidos pelo plano gratuito. Quando houver a necessidade de melhorar, basta a aquisição de um plano maior, numa rápida migração.

Então sim, é bastante simples.

Quais as desvantagens da plataforma loja integrada?

Em uma única seção, vamos unir as questões insatisfatórias mencionadas e ainda não mencionadas sobre esta plataforma. Assim, você saberá para onde voltar quando quiser tomar a sua decisão.

A primeira é o limite. Você possui limites de produtos, de usuários com acesso ao site e de visitantes. O último é o mais incômodo, por limitar campanhas de marketing e suas estratégias de aquisição de clientes.

Além disso, nem todos os recursos estão disponíveis no plano grátis. Mesmo contratando um plano mensal, a menos que você contrate o mais caro, ainda terá algum tipo de limitação nos itens mencionados acima.

Por haver opções sem limites ou mesmo com limites maiores no mercado, pensamos que a plataforma não consegue se destacar. Trata-se de uma comparação importante, que vai levar em conta os critérios de cada lojista. Pode ser um páreo, ou ganhar ou perder por muito.

Outro problema é quanto à personalização. Você não possui tanto acesso como em uma plataforma de código aberto. Ainda assim, você pode utilizar conhecimentos de HTML e CSS para criar um tema seu.

O suporte técnico ser limitado aos planos pagos é uma estratégia da plataforma que pode afetar alguns lojistas. Tenha a falta deste tipo de auxílio em mente ao criar uma conta.

Ao nosso ver, estes são os aspectos mais relevantes em termos de desvantagem.

Caso tenha sido o suficiente para você desistir, ou se quiser comparar já com outras opções, veja a nossa melhor lista de plataformas de ecommerce aqui.

E quais as principais vantagens?

A primeira e mais clara vantagem é o fato de que o plano básico é realmente grátis, sem qualquer tipo de comissão ao lojista. A intenção da loja com isso é provavelmente atrair clientes, que resolvam ficar e dar um upgrade no plano contratado.

Então, a rápida instalação é o segundo fator mais relevante. Basta criar uma conta muito rapidamente para começar a montar a loja. É uma montagem intuitiva e que não demanda qualquer tipo de conhecimento técnico.

Há também recursos interessantes, especialmente aqueles liberados para os planos pagos. O fato de o frete ser oferecido de forma fácil em todas as modalidades possíveis é um ponto extra.

Os meios de pagamento disponibilizados podem também ser suficientes no início.

Afinal, a loja integrada é confiável?

Com uma comunidade bastante ativa, pode-se dizer que esta plataforma já conquistou mais do que o mínimo de pessoas para provar que fornece um bom serviço. Além disso, possui presença marcante em diversas redes sociais de relevância.

Claro que, mesmo optando pelo serviço totalmente gratuito, você quer a confiança de que seu site funcionará. Uma loja integrada grátis porém offline não gera lucro algum.

Pensando nisso, verificamos o status não só dos sites, mas também do painel da plataforma e de seus aplicativos. Todos estavam online e alguns até mesmo atestavam 100% de uptime, sem qualquer caída nos últimos relatórios.

Além disso, verificamos o Reclame Aqui, como mencionado mais acima, e o site está com uma ótima nota. Então, seja no plano pago ou sem custo, podemos atestar que se trata sim de um serviço confiável.

Como é o painel do site?

Após criar uma conta, você tem acesso ao painel administrativo, por meio do qual você administra a sua loja e todos os seus recursos.

Com poucos cliques, você acessa a área de Vendas com os pedidos, lê relatórios e estatísticas e vê os seus produtos por categorias. Mesmo a adição destes últimos é bastante simplificada.

Ainda dentro do painel, você consegue gerir possíveis promoções e cupons de desconto, os quais podem ser oferecidos a clientes. Tudo depende da sua estratégia.

Por fim, consegue também acessar as lojas de produtos adicionais, caso queira adquirir recursos ou ter acesso aos aplicativos.

Você pode ainda assistir a um vídeo sobre o Painel Loja Integrada e aprender mais, mas de uma maneira interativa.

Dá para usar com o Mercado Livre?

Nada mais apropriado para um site que prega integração do que permitir uma loja integrada com Mercado Livre. Mas o que seria esta tal integração e quais as vantagens de utilizar algo assim?

Vender o mesmo produto por meios diferentes, especialmente se automatizados, possui uma grande desvantagem. É que a baixa no estoque em um lugar não é necessariamente reconhecida no outro, o que é perigoso.

As alternativas são duas:

Limitar os produtos em todos os meios, garantindo que os produtos não acabarão e adicionando manualmente conforme for possível.
Contar com um aplicativo que realize modificações automáticas sempre que um produto for vendido ou então adicionado ao estoque.

O primeiro meio é dispendioso em termos de tempo e esforço, podendo comprometer até mesmo parte dos lucros. Por isso, consideraremos somente a segunda opção. Será que para a loja integrada Mercado Livre é uma opção de integração?

Felizmente, é possível sim conectar a sua loja em um site com o perfil de vendedor criado no ML. No entanto, é preciso utilizar um aplicativo para isso, que pode ser adquirido diretamente pela loja de apps da plataforma.

A opção, então, não faz parte do pacote. Porém, a solução é o Anymarket, que aparentemente está deixando a desejar em termos de eficiência para os usuários.

Como não há custo para começar, sugerimos que realize um período de testes e veja se esta integração funciona bem para você. Caso contrário, sugerimos considerar e, caso seja imprescindível, buscar em outra plataforma.

Conclusão: Afinal, o Loja Integrada é bom?

Esta plataforma é uma das poucas do Brasil que realmente é gratuita e não cobra comissão em cima das vendas. Além disso, a instalação é extremamente simples e rápida, deixando a loja no ar em poucos minutos.

Apesar disso, as limitações são consideráveis e, sem migrar para os planos mensais, abre-se mão de uma boa quantidade de recursos. Os piores limites são aqueles aplicados aos produtos e, principalmente, ao número de visitantes no site.

O site também conta com um ótimo Uptime, notado em 100% para os servidores e aplicativos oferecidos pela plataforma.

Por não ser de código aberto, o número e a possibilidade de alterações são reduzidos. Há aplicativos, como o de integração com o Mercado Livre, mas alguns usuários afirmam que tais apps deixam a desejar.

No fim, o site aparenta ser realmente confiável e seguro para quem quer começar uma loja. Livre de custos, não há motivo para pelo menos não testar, caso algo tenha lhe chamado a atenção.

Por isso, recomendamos como uma opção, se couber na sua estratégia de vendas.

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Oferta por tempo limitado!