Home » E-commerce & Loja Virtual » Boxloja

Tudo para descobrir se Boxloja é bom para vender

Existem muitas ofertas de plataformas para criar um site de e-commerce, e testar a todas seria uma tarefa hercúlea. Isso sem falar no fato de que atrasaria qualquer projeto e poderia incluir custos e problemas desnecessários.

Por isso testamos todos, inclusive o Boxloja, para definir se vale a pena. Você pode continuar a ler para saber mais sobre esta plataforma em específico. Ou se não, você pode ir para o nosso link a seguir e descobrir qual o site é o melhor para criar loja.

Quem quer saber mais sobre esta plataforma em particular, vamos começar descobrindo o mais importante: é possível confiar neste serviço? A resposta espera por você nos próximos parágrafos.

Vamos lá!

O Boxloja é confiável de verdade?

O site diz ser feito de lojistas para outros lojistas, o que significa que seriam usuários que colocaram suas experiências em um serviço.

Relativamente novo, este costuma ser um problema na hora de avaliar um site que oferece o serviço de criação de loja virtual. Mesmo assim, nós sentimos o dever de buscar o máximo possível de informações.

Primeiramente, analisamos as reclamações do Reclame Aqui e vimos pouca frequência, o que pode ser por bom serviço ou poucos usuários. A plataforma responde ainda de forma automática, indicando uma forma de contato com os usuários.

A maioria das reclamações são justamente contra o suporte e o atendimento fornecido aos clientes, que parece ser escasso ou ausente.

Verificamos as lojas utilizadas como exemplo e algumas estão on-line, outras não. Não sabemos se são realmente de usuários ou dos próprios proprietários da plataforma de e-commerce.

O site também fornece um link no rodapé que mostra os serviços que estão em funcionamento, inclusive com o histórico passado. No entanto, ao analisarmos o Uptime, verificamos que sempre há ao menos um problema no mês até 3 meses anteriores a este artigo.

O nosso veredito é o de que ter sua loja registrada neste serviço não parece trazer confiabilidade. O site oferece alguns erros e deixa a desejar no suporte, o que pode ser um problema para absolutamente qualquer negócio.

Outra plataforma que oferece também um período gratuito de testes é o Shopify. Trata-se de uma opção mais robusta, confiável e com recursos a perder de vista. Para saber mais sobre ela, visite aqui.

O que é incluso no teste gratuito?

A parte boa de um teste gratuito é justamente poder ter ideia dos recursos oferecidos e de como a plataforma se comporta. Caso os problemas acima não forem tão incômodos e você queira testar, isto é possível.

As opções, em teoria, oferecem bons recursos com os quais uma loja de tamanho pequeno ou médio poderia se virar bem. São escolhas otimizadas para lojistas do Brasil e ajudariam um e-commerce a crescer. Por exemplo:

  • Frete via PAC e SEDEX;
  • Certificado de segurança SSL;
  • Até 500 produtos;
  • Cupons de desconto e promoções como frete grátis.

Além disso, é possível receber dos clientes, sem qualquer cobrança de comissão, pelos seguintes meios de pagamento:

  • PagSeguro
  • Paypal
  • Mercado Pago
  • Pagamento na entrega

E todos esses recursos são aumentados caso o cliente opte pelo 2º plano disponível, com um valor mais caro. O teste gratuito serve para qualquer um dos dois planos e é vigente pelo período de 15 dias.

Até o fim do mesmo, não é preciso colocar qualquer dado de cartão de crédito, oferecendo mais segurança ao cliente.

Suporte e Atendimento ao cliente

O maior caso de reclamações desta plataforma e o motivo do nosso aviso quanto à criação de lojas se deve ao suporte. O serviço atende a 30.000 lojas, segundo o próprio site, mas não possui fácil acesso a contato.

O suporte leva a uma seção de dúvidas frequentes e não há qualquer outra forma de contato. Não encontramos e-mail, telefone, chat ou qualquer coisa parecida.

Como endereço de e-mail, só encontramos um fornecido nas reclamações do Reclame Aqui, mas que não é encontrado no site.

Como recomendamos boas plataformas de e-commerce, levamos em consideração critérios como o suporte ao cliente. Em caso de dúvida ou problema, é imprescindível que o mesmo seja presente e eficiente.

Nossa conclusão sobre o serviço

Cada vez mais plataformas surgem para disputar com os grandes players deste mercado. Algumas boas promessas brasileiras animam os lojistas, que percebem a importância dos conterrâneos oferecendo serviços que atinjam o nosso público.

Infelizmente, não é o caso, até o momento desta análise, do Boxloja. Caso esteja buscando um serviço brasileiro ou ao menos bom para seu site, recomendamos muitos outros. Acesse a nossa lista de plataformas de e-commerce aqui e fique sabendo mais.

Na oferta de recursos, e pelo preço a que estão sendo ofertados, teríamos um ponto positivo a indicar. Porém, não é o caso.

Nós vemos uma luz para o serviço, caso os proprietários passem a fornecer melhor atendimento. Há diversos serviços terceirizados para isso, então sua não implementação é suspeita.

Quando houver melhoria do suporte, poderá ser possível avaliar como os lojistas têm se dado com o serviço. É possível testá-lo, mas 15 dias pode ser pouco e a migração ser necessária após este período e a primeira cobrança.

Por isso, não recomendamos esta plataforma.