Home » Blog » Domínio X Hospedagem
A diferença entre4

Principais diferenças: Domínio X Hospedagem

Nos dias atuais, é cada vez mais comum pessoas que já estão engajadas no mundo virtual terem algum objetivo de empreendedorismo, e desejam criar um website. Seja ele para construir um portfólio, começar um negócio pessoal, ou até mesmo uma empresa.

Frequentemente surgem dúvidas relacionadas a diversos termos, e neste artigo iremos lhe ajudar a entender qual a diferença entre Domínio e Hospedagem, entendendo primeiro o que cada um é e como funcionam.

Por que a diferença entre Domínio e Hospedagem é tão confusa?

Quem ainda não está tão por dentro do assunto tende a confundir estes termos, principalmente por inicialmente darem a entender que são sinônimos ou que significam a mesma coisa.

Quem decide tentar entrar no mundo virtual e ter um site, vê isso como uma boa oportunidade, porém, não é sempre que essa oportunidade é clara e autoexplicativa.

Entretanto, após compreender o que individualmente cada um se trata, se torna claro e muito mais fácil entender sobre o que cada termo significa neste contexto.

O que é um Serviço de Hospedagem?

O serviço de hospedagem, é basicamente um lugar na internet onde você pode fazer upload das páginas do seu website, e de todo o seu conteúdo.

É uma das ferramentas mais importantes a se escolher, pois é através do serviço de hospedagem que o seu site fica disponível para todo o mundo poder acessá-lo, algumas vezes podendo ser disponibilizados gratuitamente, porém com suas certas limitações.

É de grande relevância pesquisar bem e analisar qual serviço melhor se adequa às suas necessidades, levando em consideração o custo e o que você precisa.

Qual o melhor plano de hospedagem para mim?

Um serviço de hospedagem comumente inclui esses elementos:

  • Suporte ao usuário
  • Limite de Armazenamento e Banco de Dados (varia dependendo do plano e do serviço de hospedagem)
  • Suporte a determinadas Linguagens de Programação (JSP, ASP, PHP…)
  • Domínio (geralmente sem a opção de customizá-lo, se gratuito)
  • Painel de controle para gerenciamento

Vale ressaltar, que os serviços de hospedagem pagos têm maior flexibilidade e disponibilidade ao usuário, incluindo mais ferramentas e suporte, e também apresentam maior desempenho e espaço, então profissionalmente é aconselhável como a melhor escolha.

Deve-se ter em mente o tamanho em disco que o seu site ocupa ou o tamanho que pode chegar, pois, baseando-se nisso você pode escolher o plano adequado, e não desperdiçar dinheiro adquirindo algum que tenha excessivamente mais espaço do que você pode chegar a usar.

É uma boa recomendação escolher um plano que por padrão inclua suporte, e tenha um bom feedback quanto aos serviços prestados, então vale a pena previamente fazer uma pesquisa na reputação do serviço que você está pretendendo obter.

Também é muito aconselhável notar na hora de escolher o seu serviço de hospedagem se ele disponibiliza uma certificação SSL. Mesmo que seja um padrão por muitos serviços de hospedagem, não são todos os sites que possuem o certificado e isto pode influenciar bastante em sua quantidade de acessos.

Também se informe, se o certificado é automaticamente ativado ou é necessária alguma configuração para que funcione corretamente.

O que é HTTPS, e como ele se relaciona com o Serviço de Hospedagem?

Para melhor compreender do que se trata o HTTPS, primeiro precisamos saber o que é HTTP; O Hyper Text Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Hipertexto), é um protocolo que estabelece a conexão com o serviço de hospedagem, e transfere páginas através da web.

O Hipertexto mencionado anteriormente, é a informação de texto agregada a outros tipos, por exemplo, códigos, imagens, vídeos e arquivos de áudio.

Podemos então concluir, que o protocolo HTTP é uma base para a navegação na web, porém por si só não a maneira mais segura.

Quando acompanhado de um simples “s” na url de um website, faz toda a diferença; O “s” significa “secured“, ou seguro em português. O funcionamento do HTTPS é basicamente o mesmo, porém ele se conecta a um padrão de segurança chamado SSL, o que reforça e se assegura que o website faz uma conexão criptografada entre o serviço hospedeiro e o usuário.

O que é Domínio?

O domínio refere-se ao endereço que o usuário utiliza na hora de acessar o seu site, e é a parte invariável da URL, independentemente da quantidade de páginas e subpáginas que o seu site pode conter.

Sabendo disso, é uma boa escolha prestar atenção na hora de escolher o seu nome de domínio, pois, é por ele que as pessoas irão lembrar o nome do seu site sempre que quiserem acessá-lo.

Tecnicamente falando, o domínio serve apenas como referência ao endereço de IP de onde os arquivos que você está tentando acessar estão; e podem haver serviços de hospedagem que o disponibilizem gratuitamente, mesmo que na maioria das vezes você estará sujeito a pagar para ter um domínio customizado.

Sem ele seria muito difícil memorizar o endereço dos sites, de certa forma seria semelhante a memorizar um número de telefone por exemplo, para cada website que tivéssemos que visitar. Porém não vamos entrar muito em detalhes, pois este não é o objetivo deste artigo.

Que domínio devo escolher?

Por padrão, os domínios utilizam determinadas extensões em seu final, inicialmente com o objetivo de identificar o tipo de negócio que aquele site em específico trata. Vejamos alguns exemplos:

  • .com – Uso comercial
  • .com.br – Uso comercial (porém, com especificação de localidade)
  • .net – Redes
  • .org – Organizações não-governamentais
  • .gov – Sites de organizações governamentais

E entre outros tipos. Um tipo de extensão de domínio muito popular é, a de localidade. É possível por exemplo, acessar google.ca, google.fr (França), google.ru (Rússia), google.uk (Reino Unido), pois a empresa possui todos esses domínios e os utiliza na finalidade de identificação de acesso por localidade, que neste caso é o país.

O que é WWW?

Você também já deve ter notado que muitos domínios utilizam “www” em seu início. A tão famosa World Wide Web é um projeto que foi fundado pelo cientista da computação considerado uma das pessoas mais importantes do século XX, Tim Berners Lee (traduzida como Rede ou Teia Mundial de Computadores), nada mais é que um serviço que torna possível você acessar o conteúdo que é disponibilizado na internet.

Explicando de outra forma, é o que torna possível você poder acessar sites, ver vídeos e fazer hospedagens também, porém não confundir com internet que é de fato o que interliga os computadores mundialmente.

Os navegadores mais populares (Como Google Chrome, Microsoft Edge, Internet Explorer, Firefox, Opera, Safari e entre outros) são capazes de automaticamente colocar o “www” no início do domínio caso você esqueça, e por outro lado muitos domínios ocultam o www caso você tente acessar o website com ele, no intuito de tornar o endereço do site visivelmente menor.

Como Domínio e Hospedagem se relacionam?

Como foi dito anteriormente, muitos sites de hospedagem disponibilizam o domínio incluído em seus planos, porém, não é padrão que venha disponível.

A forma que o seu domínio e o seu site se relacionam é muito simples:

Hospedagem é onde o seu website fica, e domínio é a descrição de como chegar até ele. Vendo desta forma e tendo todo o prévio conhecimento deste artigo, se torna muito mais simples entender e saber como estes dois termos importantes são e, como funcionam.

Saber como os dois se relacionam é importante, pois, desta forma você claramente sabe como se organizar e tomar as melhores decisões antes de tirar do papel o seu o seu almejado projeto.

Hospedagem e Domínio X Marketing e SEO

O Marketing é o nome de uma das principais ferramentas para o seu sucesso. É o nome da estratégia que faz o seu site ser atrativo, e por consequência ter mais acessos.

Vale lembrar que esse tópico enfatiza como escolher seu serviço de hospedagem e domínio, porém com uma abordagem voltada em como você pode ser bem-sucedido com o seu projeto prestando atenção em como esses elementos têm influência no marketing e na otimização dos motores de busca (SEO).

Se um site parece ser inseguro, quase que automaticamente o usuário tende a sair dele, pois não sabe a quais tipos de riscos pode estar sendo exposto.

Sabendo disso, podemos determinar que um site traz mais segurança ao usuário quando apresenta uma conexão HTTPS.

A não utilização de uma conexão segura, pode resultar em perda de acesso ao seu site e levar o usuário a não ter confiança nele, principalmente se estiver lidando com um site que inclui transações e vendas ou informações pessoais.

Isso pode atrapalhar até mesmo os motores de busca a indexar seu site mesmo que contenha muitos acessos, pois não o considera relevante por não demonstrar ser seguro.

Além de se otimizar o site na fase de construção para que o carregamento não seja pesado e não demore muito, muitas vezes o que determina esse atraso é justamente o tempo de resposta do serviço de hospedagem.

Isso não só influencia na queda de acessos direta, como é muito ruim mais uma vez para a Search Engine Optimization (Optimização de motores de busca), pois os mesmos detectam que o carregamento do seu site é lento, e isso certamente não é um ponto de relevância para que o seu site apareça no topo dos resultados de pesquisa.

Se a indisponibilidade do servidor do seu plano for frequente, isso é mais um ponto bastante negativo novamente para o marketing e SEO.

Outro ponto é que se o seu site tiver o nome parecido com o de algum outro concorrente, possa ser que isso tenha uma influência negativa quanto ao tráfego dos dois, pois um usuário que ainda não conhece o seu pode facilmente acessar o outro por engano, ou a pessoa pode se aproveitar da sua boa quantidade de acessos para criar uma concorrência com o nome parecido.

Um bom marketing é composto por diversos elementos, e como esses dois em específico tem uma grande influência geral, também é grande a forma que podem afetar o marketing e a SEO de um website.

Tudo em equilíbrio possivelmente traz pontos muito positivos e mais chances do seu negócio crescer, então prestar atenção e investir nesses aspectos para melhor otimização certamente lhe trará mais benefícios de uma forma geral.

É possível trocar de Hospedagem sem trocar o Domínio?

Com toda a certeza; se por quaisquer motivos precisar trocar a sua hospedagem web, basta apenas transferir os seus arquivos para o seu novo provedor e configurar a utilização do seu domínio preexistente.

O mesmo vale se quiser utilizar um domínio diferente para a mesma hospedagem e remover o atual, até mesmo utilizar mais de um domínio para o mesmo website assim possivelmente se protegendo de terceiros.

Por exemplo, se você tiver um bom tráfego e seu domínio for registrado como meusite.x outra pessoa sabendo disso pode se aproveitar para gerar concorrência, registrando um domínio meusite.y mudando apenas a extensão e possivelmente prejudicando a quantidades de acessos ao seu site.

De fato, a internet tem se mostrado cada vez mais promissora quanto sua flexibilidade e capacidade de tornar ideias em algo de verdade, em um mundo virtual.

Abordamos aqui diversas siglas e termos técnicos, estratégias, pontos fortes e fracos, e etc. Porém, o que realmente vai fazer a real diferença é o seu esforço para alcançar seus objetivos.

A tendência é que as pessoas que têm ou tiveram pouco contato com a rede, estejam cada vez mais engajadas e tenham conhecimento direto de como podem existir inúmeras possibilidades na palma da mão, e verem isso como novos interesses e objetivos de fazer parte deste mundo.

Certamente, o caminho é através da informação, pois sabendo as direções corretas se espera o resultado de forma mais clara e objetiva.

Esperamos que após ter lido atenciosamente nossas instruções para lhe ajudar a se guiar, tenha entendido com clareza e sinta-se bem mais confiante quanto a tarefa de entender as diferenças entre os termos abordados no artigo, e esteja bem mais preparado para dar o pontapé inicial nessa jornada.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe um comentário