Home » Blog » Localizacao Servidor

[Estudo de Caso] A localização de um Servidor Importa para o SEO? O Que Aprendemos Após Analisar 16.915 Sites WordPress

Se você é como nós, você já gastou muitas noites pensando em como aumentar o tráfego orgânico para o seu website. Como nós, você provavelmente já leu vários artigos recomendando que os seus servidores de hospedagem estejam localizados no Brasil (ou qualquer que seja o seu país-alvo).

Francamente, cansamos de ler artigos, escritos em inglês, que não falam especificamente do mercado brasileiro ou na língua portuguesa. Como você, nós não confiamos na maioria das informações que encontramos.

Por esta razão conduzimos nosso próprio estudo e análise sobre mais de 16.915 websites WordPress com foco no mercado brasileiro. Todos os sites que analisamos estavam dentro dos 10 primeiros resultados no Google para as palavras-chave que analisamos.

Isto é, se um site está dentro do Top 10 no Google para “melhor hospedagem” (ou quaisquer palavras-chaves que analisamos), eles foram incluídos em nosso estudo de caso.

Após coletar os resultados, nós simplesmente buscamos onde os servidores estavam localizados.

Notas sobre o estudo: 

  • Todos os sites analisados focavam no mercado brasileiro.
  • Por questões de simplicidade, todos os sites analisados são construídos com WordPress.
  • Todos os sites que revisamos fazem parte dos 10 melhores resultados do Google para as palavras-chaves que utilizamos.
  • Após coletar os resultados com as nossas ferramentas de web scraping, nós simplesmente buscamos a localização dos servidores.

Nós utilizamos toda a informação acima para descobrir: a localização do servidor importa para o SEO?

Quais foram os resultados? (Para Aqueles Preguiçosos Demais Para Ler Todo o Estudo ;-P)

De acordo com os sites WordPress que analisamos, aqui está um gráfico dos países em que os servidores estão localizados:

Dos 16.915 sites WordPress que analisamos, um percentual superior a 70% de seus servidores/hosts estavam localizados nos Estados Unidos para a vasta maioria dos sites. Somente pouco mais de 20% estavam localizados no Brasil.

O que é possível entender disso?

A localização do servidor provavelmente não é tão importante para SEO quanto todos pensam. Mesmo assim nós ainda sugeriríamos colocar seus servidores no país que você quer porque, por exemplo, uma maior velocidade do servidor comprovadamente aumenta a taxa de conversão.

Porém, se você possui um orçamento máximo, é provavelmente mais importante seguir os fundamentos do SEO (como boa estrutura, conteúdo relevante etc.)

 É uma ‘grande’ vantagem ter os seus servidores localizados no seu mercado-alvo?

 Há uma vantagem? Provavelmente sim. Francamente, nós não acreditamos haver uma “grande” vantagem. Nós sugerimos que você leia nossa seção sobre como nós planejamos melhorar este estudo.

Como Conduzimos o Estudo

Vamos ver como e por que nós fizemos as escolhas que fizemos.

O que é Web Scraping (é importante entender o conceito)

Várias vezes durante este artigo nós falamos sobre “web scraping.”

De acordo com o Webharvy, Web Scraping é uma técnica aplicada para extrair grandes quantidades de dados de websites, por meio da qual os dados são extraídos e salvos em um arquivo local em seu computador ou em um banco de dados em formato de tabela (planilha).

A ideia básica é, com o uso de ferramentas, coletarmos um monte de dados do Google.

No nosso caso, nós queríamos garantir que estávamos escolhendo sites que realmente recebem tráfego do Google. Nós temos mais informações sobre como coletamos os dados abaixo.

Como garantimos que todos os sites focavam no Brasil? 

Nós garantimos que os TLDs do domínio estavam relacionados com o Brasil, como por exemplo pela existência de um “.com.br” no nome de domínio. 

Outro fator que consideramos foi o idioma do site escolhido. Por exemplo, buscamos garantir que o HTML continha “lang=”pt-BR”.

Aqui está um exemplo com print de tela:

Nós fizemos isso utilizando nossos próprios web scrapers (coletores de dados) e removemos resultados que não atendiam a esses requisitos.

Por que nós Escolhemos Analisar Somente sites WordPress? 

A razão para isso é simples: nós queríamos aumentar a probabilidade de que os sites tenham sido criados por indivíduos ou pequenas empresas.

O WordPress está cada vez mais popular. Por exemplo, todos os outros donos de negócios digitais que conhecemos utilizam o WP de alguma forma. Afinal, mais de 30% da internet é construída sobre essa plataforma.

Quais mercados nós analisamos? 

Nós escolhemos 11 mercados diferentes para analisar (nós originalmente queríamos escolher 10, mas nos empolgamos):

  • Fitness 
  • Finanças
  • Negócios / Marketing
  • Moda / Beleza 
  • Blogs de Mamães
  • Viagem
  • Comida / Gastronomia
  • Animais de Estimação
  • Fofoca / Celebridades
  • Notícias
  • Tecnologia

Nós tentamos pegar os tópicos mais populares da internet para sites. 

Como nós coletamos os dados:

Passo 1: Encontrar Palavras-chave para Vasculhar.

Sem levar para termos muito técnicos, nós utilizamos nossos próprios Web Scrapers para coletar um monte de websites dos resultados do Google.

Uma vez escolhidos os mercados que queríamos analisar, nós encontramos alguns sites nesses mercados e extraímos suas palavras-chave com Ahrefs.com ou o Planejador de Palavras-Chave do Adwords.

Em cada um desses mercados, nós encontramos alguns diferentes websites e extraímos suas palavras-chave.

Fazer isso nos permitiu coletar centenas de milhares de websites.

Passo 2: Vascular os Dados com Ferramentas Extravagantes de Codificação

Uma vez que tínhamos inúmeras palavras-chave (mais de 10.000 para cada mercado), nós deixamos os web scrapers coletar somente os top 10 resultados do Google.

Desta forma, nós poderíamos ter a certeza de que os sites estavam fazendo algo certo e realmente se posicionando no Google.

Passo 3: Remoção de todos os resultados sem WordPress. 

Para manter tudo simplificado, nós utilizamos nossos web scrapers para analisar cada site, somente mantendo aqueles construídos com WordPress.

Passo 4: Descobrir a Localização do Servidor dos sites que encontramos

Para fazer isso, nós utilizamos nossas ferramentas próprias novamente. Em resumo, nós olhamos o endereço IP do site. Então, nós verificamos se nossos resultados estavam precisos pela comparação com algumas diferentes plataformas de código aberto que lhe dizem a localização dos servidores.

Passo 5: Ficar Acordado Até Tarde Fazendo Planilhas Para Organizar os Dados

Para este passo, nós somente utilizamos o Google Docs para deixar tudo arrumadinho.

Como podemos melhorar o Estudo? O que faremos na Parte Dois?

Se tudo correr bem, nós planejamos realizar um estudo de caso como acompanhamento.

Estes são os itens que gostaríamos de melhorar:

  • Refinar os resultados com base no tráfego do site. Por exemplo, nós aglutinamos sites que recebem milhões de visitantes com aqueles que só recebem alguns milhares por mês.
  • Refinar os resultados com base na autoridade de site.
  • Refinar os resultados com base no feedback. Nós imaginamos que leitores como você deixarão comentários e nos informarão o que mais gostariam que fosse incluso 😀

Quer ver os dados individuais para cada mercado?

Aqui nós detalharemos os dados de cada mercado.

Fitness

Sites Analisados: 1285

Finanças

Sites Analisados: 1509 

Negócios / Marketing

Sites Analisados: 1338

Moda / Beleza 

Sites Analisados: 986

Blogs de Mamães

Sites Analisados: 545

Viagem

Sites Analisados: 1472

Comida / Gastronomia

Sites Analisados: 1114

Animais de Estimação

Sites Analisados: 1618

Fofoca / Celebridades

Sites Analisados: 2320 

Notícias

Sites Analisados: 3319

Tecnologia: 

Sites Analisados: 1489

Dúvidas Frequentes:

Nesta seção, nós tentamos responder a perguntas que não foram esclarecidas no artigo acima. Nós também atualizaremos esta seção conforme surgirem dúvidas não respondidas no artigo.

Por que alguns mercados tinham mais sites que outros?

Nós vasculhamos / coletamos cerca de 10.000 palavras-chave para cada mercado. Se um mercado ou nicho tem mais websites, é porque há mais websites no mercado, dentro dos resultados de busca do Google.

Como exemplo, no nicho de “blog de mamãe” – nossas ferramentas próprias só encontraram 545 blogs construídos com WordPress e que obtinham tráfego de forma ativa. 

Enquanto os blogs de Fofoca são mais populares no Brasil, o que nos fez encontrar 2.320 sites com WordPress a respeito deste tópico

Em ambos os casos, nós vasculhamos (buscamos no Google) uma quantidade similar de palavras-chave.

Por que alguns dos gráficos designam “Desconhecido” como a região em que os servidores estão localizados? 

Nossas ferramentas simplesmente não conseguiram encontrar a região por alguma razão. Por exemplo, muitos sites bloqueiam os robôs que utilizamos para vasculhar os sites.

Tem dúvidas? Comente abaixo e nos informe o que você precisa.

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Oferta por tempo limitado!